Sup Surf

Sup Surf – Modalidade do SUP. Vídeos, dicas e mais

O Sup Surf é uma das modalidades do Stand Up Paddle. O esporte é um dos que mais crescem no mundo, praticado por adultos e crianças, homens e mulheres de todas as idades.

Sup Surf (supsurf), também chamado de Sup Wave, é um esporte aquático que tem ganhado um amplo espaço, tanto em termos de se mostrar uma prática extremamente divertida e proveitosa, quanto em termos de benefícios para o corpo.

Esse esporte é calmante para a mente, enquanto, ao mesmo tempo, trabalha vários músculos do corpo.

Os principais músculos trabalhados são: trapézio, a parte inferior das costas, ombros, tórax, abdômen, coxas e músculos da perna inferior.

A melhor parte do Sup Surf é o fato de que você pode tornar sua sessão tão relaxante – ou exigente – quanto você desejar. Ele é uma modalidade do Stand Up Paddle.

É exatamente por isso que, quando você decidir iniciar a sua prática, você deve ter clareza sobre suas intenções e entender tudo o que você precisa saber sobre ela. Fique ligado!

História do surf – Tudo o que precisa saber sobre o Sup Surf.

Antes de saber tudo sobre o Sup Surf, é importante conhecer seu esporte precursor: o surf.

A arqueologia científica moderna indica, como muitos peruanos afirmaram há muito tempo, que o surf pode ter sido inventado em sua costa norte do Pacífico por culturas pré-colombianas, que usavam barcos de junco para pegar ondas.

Esses barcos eram semelhantes às pranchas de surf atuais, mas eram feitas de juncos vazios e flutuantes de uma planta.

Para aqueles que pensam que o surf foi inventado no Havaí, é importante ter em mente que ninguém vivia nas ilhas do Havaí até 300-750 dC ou pelo menos de 1500 a possivelmente 2000 anos após o surfe ter sido confirmado no Peru.

Para ter certeza, o Peru possui a mais antiga evidência arqueológica e cultural existente. Além disso, comprovadamente, a linhagem de surf no Peru se origina no passado pré-incaico há 3000 anos.

  • Sabe-se também que os polinésios surfaram. Isto foi testemunhado como sendo muito semelhante à sua forma moderna por fontes europeias, durante explorações a menos de 300 anos atrás.
  • Por estar tão profundamente enraizada em sua cultura, é seguro presumir que o surf já estava sendo praticado antes, mas não podemos ter certeza, pois não há absolutamente nenhuma evidência física na Polinésia – como a encontrada no Peru.

Pioneiro do surf moderno

O homem conhecido como “O Pioneiro do Surf Moderno” é Duke Kahanamoku, foi um nadador olímpico vencedor de uma medalha de ouro e que trouxe o surf para a consciência pública na forma que é atualmente conhecida.

  • Sem sua influência, o surf não teria se tornado o esporte conhecido que é hoje.

Os ancestrais incas dos peruanos modernos, chamados de Kontiki, pescavam ao longo da costa peruana, mas primeiro percorreram as ondas do Oceano Pacífico.

Mas há muito mais surf do que apenas história a ser encontrada no Peru perto de Huanchaco. Porém, para entender mais sobre o Sup Surf, conhecer as origens de seu esporte antecessor é uma interessante decisão.

História do Stand Up Paddle

Stand up paddle boarding, o supsurf, um esporte que, para todos os efeitos práticos, não existia antes de 2005, foi adotado por surfistas no Havaí como uma maneira de passar mais tempo na água e também se manter em forma durante o período de entressafra pequeno.

Usando um remo de canoa, geralmente de fibra de carbono e um longboard (ou seja, uma prancha que possa apoiar alguém em pé sobre ela) é possível garantir uma prática completa.

Um praticante de Sup Surf por escolher, inclusive, não ficar molhado, podendo se mover pela água três vezes mais rápido que um surfista remando na posição de bruços.

-Não surpreendentemente, é possível fazer Supsurf no litoral, além de rios e lagos.

Devido a seus efeitos para corpo e mente, o Sup Surf está atualmente experimentando um crescimento em todo o mundo em áreas com e sem surf – independentemente da temperatura da água.

  • O seu mercado passou de áreas costeiras mais quentes e com ondas para qualquer lugar onde haja água.
  • Insiders dentro da indústria de esportes aquáticos estão convencidos de que ele está destinado a se tornar o segundo esporte aquático do mundo, ficando atrás apenas de natação – e superando até mesmo o surf.

Mas o que exatamente é o Sup Surf?

Conforme dito, o Supsurf é uma modalidade do Stand Up Paddle.

Você pode ouvir falar sobre esse esporte aquático quando você viaja para lugares próximos aos oceanos, rios e outras grandes massas de água, uma vez que todo mundo está falando sobre o Sup Wave (ou Sup Surf).

De acordo com o Dicionário Oxford, o Sup Surf “é um esporte ou passatempo que permite ajoelhar-se ou ficar de pé sobre uma prancha e se impulsionar na água com o uso de um remo ou com as mãos”.

Agora que temos uma definição clara deste esporte aquático, emocionante e muito relaxante, vamos entender ainda mais sobre suas origens.

Sup Surf na antiguidade

Durante a década de 1900, as pessoas usaram a deriva do bambu como uma forma de transporte na província de Guizhou, no norte da China.

Moradores usavam um “poste flutuante” de bambu na água e o impulsionavam com um fino bastão, também de bambu.

As altas montanhas e vales profundos em Guizhou causavam, regularmente, inundações na área de drenagem de Wujiang.

  • Isso dificultava as viagens para fora da província. Os moradores locais foram sábios o suficiente para encontrar uma solução ao derrubar as árvores de bambu da Moso e usá-la para flutuar ao longo do rio.
  • Quando chegavam ao bazar na parte mais baixa do rio, vendiam o barco de bambu. Até hoje, essa tradição ainda existe.

Porém, foi a partir dessa movimentação causada por grandes inundações que surgiram os primeiros relatos da prática de Sup Surf. Para isso, entretanto, ele precisou passar por diversas modificações. Saiba mais sobre elas.

Sup Surf nos tempos modernos

Na virada do século, pranchas de surf e remos passaram a ser amplamente utilizados para os mais diversos fins.

Essa ideia começou a evoluir ao longo do final da década de 90 e tornou-se um esporte popular, inicialmente, principalmente nas ilhas de Oahu e Maui.

Duke Kahanamoku foi um surfista bem conhecido durante este período, especialmente no início de 1900.

Juntamente com os outros Waikiki Beach Boys, como Leroy e Bobby AhChoy, eles lideraram o surfe e trouxeram à atualidade as origens do Sup Surf.

Eles ficavam de pé durante as aulas de surf para ter uma visão melhor ao identificar as ondas para seus alunos.

Durante meados dos anos 1900, John “Zap” Zapotocky e Joseph ‘Scooter-Boy’ Kaopuiki se tornaram a próxima geração de surfistas após o Waikiki Beach Boys.

Zap mudou-se para Oahu em 1940. Depois de assistir a Duke Kahanamoku e os irmãos AhChoy em pranchas de stand-up, ele ficou tão surpreso que decidiu seguir seus passos.

Ele pratica Sup Surf desde então. John “Zap” Zapotocky tornou-se um ícone dentro da comunidade de surf – e lhe foi dado o apelido de “Pearl Diver”.

Final de 1900 – Tudo que precisa saber sobre o Sup Surf

Uma vez, enquanto brincavam durante as sessões regulares de surf em Maui, Dave Kalama e Laird Hamilton decidiram usar um remo de canoa enquanto surfavam.

Ao mesmo tempo, na ilha de Oahu, Leleo Kinimaka e outros talentosos surfistas começaram a exibir ótimas manobras de surfe que eram novas para a multidão.

Isso aumentou ainda mais o interesse de muitas pessoas e impulsionou o Sup Surf a se tornar um esporte legítimo.

No início de 2000, marcou-se o início desse novo esporte aquático.

Archie Kalepa começou a participar de corridas entre canais nas ilhas do Havaí. Isso fez dele um dos fundadores da corrida de stand up paddle, o Sup Surf.

Agora que você sabe mais sobre a história do Sup Surf e de seu precursor Surf, saiba mais sobre o que é necessário para começar a praticá-lo hoje mesmo.

Se você está em busca de itens que englobam o lifestyle do Sup Surp, você pode conhecer a Paddles Clothing & Co, a primeira loja de Paddle Wear do Brasil.

Sup Surf – medidas das pranchas

As pranchas de Sup Surf variam muito em forma, tamanho e, portanto, desempenho.

Algumas das pranchas maiores e mais amplas, apesar de serem projetadas para o surf, ainda oferecem boa estabilidade e desempenho.

Se você é uma pessoa de pequena estatura e menos de 56 quilos, então uma prancha de tamanho pequeno é a opção ideal.

  • Qualquer prancha menor do que 2,7 metros será fácil de manobrar (e também de transportar).
  • Pás de remo de tamanho menor são normalmente usadas para o Sup Surf, mas também são capazes de sustentar um remador mais pesado.

Uma vez que você encontrar o seu equilíbrio e ficar mais confortável durante a prática, você poderá passar para uma prancha maior, que não parecerá mais tão difícil de lidar.

– Tenha em mente, porém, que as pranchas maiores são mais adequadas para quem já está em um nível mais avançado de Sup Surf, pois elas oferecem mais espaço para sua bagagem e para você relaxar e ter um descanso entre as sessões de remo.

  • Se você pesa 68 quilos ou mais, uma prancha em volta de cerca de 10,6 3,2 a 3,8 metros seria o ideal para você.

As pás de remo, com o tempo, ficam progressivamente menores, menos volumosas e podem se tornar difíceis de utilizar. É essencial encontrar a que mais se adeque a seu tamanho e ao nível de esforço que você deve fazer.

Aprender a levantar-se na prancha de supsurf envolve paciência e equilíbrio. Você não precisa ser muito forte ou profissional, você só precisa escolher as condições certas e a melhor prancha para você!

Há algumas perguntas que você deve fazer a si mesmo para poder comprar o equipamento melhor e mais correto para suas necessidades:

  • Quanto você pesa? – Pranchas maiores são feitas para remadores mais pesados.
  • Quão alto você é? – Pranchas mais largas são feitas para remadores mais pesados ​​e as mais estreitas para remadores mais leves e menores.
  • Onde você estará fazendo a maior parte do sua prática de supsurf?
  • Você precisa de uma prancha para remos de longa distância ou está mais interessado em surfar de pé?
  • Você quer uma prancha realmente estável ou prefere ser capaz de fazer mais manobras? Quanto menor a prancha, mais manobrável ela é.

Levando essas perguntas em consideração, você certamente será capaz de encontrar a melhor prancha para você. Entenda ainda mais sobre a escolha de prancha a ser feita através do artigo O que saber antes de comprar sua prancha de supsurf.

Como pegar onda durante a prática de sup surf

Agora que você encontrou a prancha certa para você e sabe ainda mais sobre essa modalidade esportiva, você precisa se focar em três desafios distintos para aprender a “surfar de pé”:

– O primeiro desafio é o de remar além em meio a ondas quebrando. O segundo é aprender a pegar o onda e o terceiro é realmente surfar nessa onda.

  • A chave para pegar uma onda é, primeiro, estar na posição correta e, em segundo lugar, se comprometer com a onda selecionada.
  • Ao esperar pelas ondas, é melhor alinhar-se paralelamente aos conjuntos delas, posicionar-se de forma híbrida, (com os dedos dos pés voltados para o oceano) e com o remo no lado dos pés.
  • Quando você vir a onda que deseja, gire seu corpo 90 graus para ficar perpendicular à ela.
  • Quando a onda se aproximar, faça alguns movimentos suaves, mas sólidos, para a frente.
  • Se você cronometrou bem cada passo, após cerca de quatro ou cinco remadas, as ondas devem chegar até você e começar a pegar na cauda da sua prancha.
  • Neste ponto, é crucial que você se incline para frente para se estabelecer e equilibrar em cima da onda.

O que fazer depois de pegar a onda

Agora que você pegou a onda, sua prancha vai se mover diretamente junto à onda na frente dela, até você vai parar e perder sua velocidade. Se não deseja que isso aconteça, tente inclinar sua prancha de forma que seu movimento seja incentivado.

– A maioria dos remadores iniciantes acham mais fácil inclinar a prancha de forma que eles enfrentem a onda com os dedos dos pés e segurem o ramo ao lado dos pés de sua prancha.

  • Isso pode parecer fácil, mas não se engane: o sup surf é um dos esportes que mais exigem prática para serem aprendidos. Então, seja paciente e aceite o fato de que você vai nadar bastante antes de surfar de verdade.

Porém, não há nada que o seu empenho e paixão pelo esporte impeçam você de conseguir. Basta se concentrar em encontrar o material mais adequado para você.

Dicas para praticar o sup surf com mais facilidade

Agora que você tem todas informações necessárias para começar a praticar o sup surf, confira algumas dicas que ajudarão você a se manter equilibrado enquanto se movimenta em sua prancha.

– Em primeiro lugar, você quer manter os joelhos levemente flexionados, as costas retas e pensar em manter a cabeça centralizada na prancha enquanto se movimenta.

A maneira mais simples e mais estável – se você é novo no esporte – para se mover em sua prancha, será usando sua pá de remo como ponto de contato.

Uma vez que o remo esteja bem posicionado, você poderá começar a colocar um pouco de peso em sua prancha e mover os pés um de cada vez para frente ou para trás, buscando novas posições para praticar.

Respeito pelos surfistas, pela natureza e pelo mar

Ao praticar sup surf ou qualquer outro esporte aquático, é muito importante entender que o ambiente da prática é um ambiente coletivo – e que os humanos não são os donos de seu habitat.

– Por isso, se você é um surfista, é muito importante respeitar não apenas a natureza e todos os seus membros, mas também os outros surfistas e praticantes de sup surf na localidade.

  • Ainda que você mereça se divertir e ter os privilégios de pegar grandes ondas, é importante saber que outras surfistas também tem esse direito e que você deve aprender a respeitar esse direito e compartilhar o seu espaço.
  • Além disso, seja sempre responsável por seu equipamento e respeite o dos outros.

Se for ignorada ou tratada com pouca atenção, uma prancha de surf pode ser danificada – ou causar sérios danos a outras pranchas e pessoas.

A primeira e mais simples coisa a se lembrar é: nunca deixe sua prancha longe de você. Negligenciar sua prancha e confiar apenas em seu cordão para passar por uma onda quebrada é uma decisão muito ruim – em todas as circunstâncias – nas menos e nas mais críticas.

  • Qualquer outro surfista dentro de 10 ou mais metros de você, particularmente atrás de você, será imediatamente colocado em sério perigo;
  • Além disso, há uma chance de a trela quebrar ou se soltar, e, nesse caso sua prancha se tornará um canhão solto.
  • Isso se aplica especialmente a remadores que contam com equipamentos pesados ​​e espessos, como os longboards

Sempre faça o seu melhor para compensar qualquer dano causado à natureza ou a outro surfista por sua prancha de sup surf, por sua prática ou por qualquer tipo de negligência da sua parte ou de outra pessoa.

Tenha sempre em mente que o respeito é essencial para a prática do sup surf e que essa é uma das filosofias de sua origem.

Onde praticar o supsurf no Brasil e no mundo

Se você deseja praticar o Sup Surf no Brasil, a maior representante da categoria feminina do esporte aquático no Brasil, Nicolli Pacelli, recomenda alguns pontos interessantes para começar:

– Eles incluem, Maresias, Porto de Galinhas, Guarujá, Itacimirim, Ibiraquera, Rio Araguari e mais. Segundo a esportista, o motivo combina a amplitude e força das ondas e a visão obtida pelo praticante, de forma geral, nessas praias.

Já ao se falar em relação ao mundo, os melhores locais para se praticar o Sup Surf são diversos. Obviamente, os amantes do esporte podem apostar nas famosas praias havaianas, que contém muito da história do Sup Surf em sua própria história.

Porém, além disso, existem outras localidades famosas do mundo, como a Califórnia e suas imensas ondas, Filipinas, Austrália e até mesmo o Sri Lanka.

Ao buscar tais localidades para praticar o Sup Surf, não se esqueça de conversar com um instrutor preparado no local e de pesquisar as melhores formas de fazê-lo, para evitar surpresas.

Campeonatos e campeões no Brasil

Além da já citada Nicole Pacelli, existem diversos campeões a serem exaltados dentro da prática do Sup Surf.

Em 2017, o brasileiro Luiz Diniz ganhou destaque internacional em sua primeira participação no evento, trazendo uma medalha de ouro para a equipe do Brasil no Campeonato Mundial SUP de SUP e Paddleboard 2017 em Vorupør, Dinamarca.

Ele participou da Final Masculina, que contou com o vice-campeão de 2016 Mo Freitas (HAW), Harry Maskell (AUS), Benoit Carpentier (FRA), disputando o Ouro.

A brasileira Aline Adisaka também se destaca, tendo trazido uma medalha de cobre para o país na mesma competição.

Outros nomes que se destacam na prática do supsurf incluem: Caio Vaz e Leco Salazar.

Sup Surf na Paddles

Obtendo todas as informações acima, se mostra clara a importância crescente do supsurf no Brasil e os benefícios para a mente e para o corpo que esse esporte aquático traz para seus praticantes.

Então, se você está interessado em adentrar ainda mais nesse universo, conheça a Paddles, a primeira Paddle Wear do Brasil e que foi criada pensando em satisfazer as demandas de estilo e acessórios de remadores diversos.

A Paddles se mostra se mais do que uma marca, mas um estilo de vida, que respeita a natureza, os surfistas e o mar.

Não deixe de conferir ainda mais sobre o Sup Surf no site da Paddles, garantindo itens femininos e masculinos e acessórios e decorações para praticantes de todas as idades!

O Sup Surf é a arte de pegar ondas, simples assim, mas agora com a facilidade que o remo proporciona e o fato de estar em pé na prancha, o que facilidade a visualização da ondulação se aproximando.

Sup Surf – Veja o que irá conferir nas próximas linhas

– Sup Surf – Dicas para pegar suas primeiras ondas
– Pranchas de Sup Surf
– Remando na onda
– Pegando a onda
– Sup Surf pelo mundo. Vídeos e lugares para remar

Sup Surf – Dicas para pegar suas primeiras ondas

SUP Surf tem crescido em popularidade em todo o mundo. Se você é um surfista, você pode achar fácil pegar uma onda em um SUP, mas transição desse esporte para um SUP não é tão simples como você pode pensar e há algumas coisas importantes que você precisa saber antes de ir para a água.

Em primeiro lugar, lembre-se de ser paciente e prepare-se para ter alguns momentos embaraçosos (mas divertidos) enquanto aprende a dominar essa modalidade do Stand Up Paddle.

Armado com um pouco de conhecimento, você será capaz de remar através das ondas e ter uma ótima experiência surfando de Sup. Temos boas dicas abaixo.

Pranchas de Sup Surf – Como escolher a sua

Antes dos primeiros passos no Sup Wave, é importante garantir que você tenha o tipo certo de prancha. Pranchas mais longas destinadas a corridas, modalidade ligada ao Sup Race, não serão compatíveis com o surf.

Pranchas infláveis ​​também não são ideais para surfar e serão muito mais difíceis de usar. Preste muita atenção na parte inferior do seu SUP.

Você vai querer uma prancha com uma curva no fundo, chamada de rocker. Essa característica é importante para não embicar durante o drop, por exemplo.

Ao procurar uma prancha SUP para surfar, você vai querer buscar pranchas que serão bastante flutuantes, principalmente se for novo no esporte.

Pranchas dentro da faixa de 8 a 10 pés são ideais para isso. Para garantir que você tenha estabilidade suficiente, tente optar por uma prancha de sup surf com um diâmetro de cerca de 30 polegadas e um volume total entre 140 e 200 litros.

Antes de começar a comprar seu primeiro SUP Wave, é uma boa decisão alugar alguns tipos diferentes para que você possa ter uma boa noção de quais recursos funcionam melhor para você.

Certifique-se de usar sempre o leash (cordinha). Você poderá cair na água algumas vezes e não vai querer perder sua prancha.

Remando na onda

Sup Wave - Modalidade do Stand Up Paddle

É preciso alguma preparação para começar a remar na onda. Se você está apenas aprendendo, sugerimos fortemente ir a uma praia que não seja muito lotada.

Isso lhe dará a chance de cair e aprender sem se sentir pressionado por outros remadores e surfistas. Reserve alguns minutos para ver onde a onda quebra.

Isso permitirá que você saiba quando terminar a remada.

Dica Pro: Não deixe seu remo ficar longe de você. 

A maioria flutua, mas se ele se afastar rápido você poderá ter que usar os braços para movimentar a prancha. 

Isso pode atrasar seu dia e usar boa parte da sua energia.

Pegando a onda

Sup Surf - Modalidade do Stand Up Paddle

Agora você está pronto para pegar uma onda. 

Você descobrirá que isso é mais fácil em seu Sup do que com uma prancha de surfe – assim que você pegar o jeito.

Escolha ondas com as quais você se sinta confortável. Não tente os maiores imediatamente.

Uma das vantagens do Surf com Stand Up Paddle é que você pode ver as ondas se aproximando, o que não é possível uma vez deitado em uma prancha de surf.

Pegar a onda é a parte difícil. Depois de ter feito isso, é tudo mais fácil, você verá.

Você descobrirá que é o mesmo que surfar. Se você é um surfista experiente, usar um Sup Wave será mais tranquilo após um integração com o novo esporte.

Dica Pro: O respeito dentro do mar é sempre o melhor caminho.

Não é pelo fato de ter vantagem em ver ondas chegando e ter velocidade na remada (por usar um remo e não os braços), que você irá entrar em todas as ondas.

Surfistas e remadores tem em comum o amor pelos esportes e pelo mar, respeite que já está na onda e espere tranquilo a sua, ela irá chegar.

Sup Surf no Havaí e Taiti com Mo Freitas


Vídeo de 2015, mas vale ser revisto. Sup Surf no Havaí e Taiti com Mo Freitas, um dos atletas mais completos da atualidade. Assista Modern Productions 15.5 SUP Surfing Hawaii & Tahiti.

 

Dave Kalama SUP Surf Longboard


Waterman e lenda vida havaiana Dave Kalama mostrando que está com o seu SUP Surf Longboard em dia e na ponta do pé. Assista!!!

 

 

Sup Surf com David Rodal


David Rodal, um dos destaques do Sup Surf mundial. Confira nesse curto vídeo, todo o potencial desse grande atleta.

 

Airton Cozzolino e seu Sup Surf Power


Assista ao talentoso Airton Cozzolino destruindo as ondas Ponta Preta – Cabo Verde. Um exemplo de puro Sup Surf Power!

 

Sessão de Sup Surf com Xavier Leroy


Xavier Leroy em uma sessão de Sup Surf cheia de manobras, explorando todos stand up e mostrando todo o seu estilo.

 

Sup Surf nas Ilhas Turcas e Caicos


Como não assistir? Belas imagens, um pelo vídeo e muito Sup Surf em um lugar paradisíaco. Sup Surf nas Ilhas Turcas e Caicos. Estrelado por Anika LaLopa e Wes Matweyew do surfSUPtci.

 

Assista Federico Piccinaglia atacando de Sup Surf


Mais um belo vídeo de Sup Surf. Assista Federico Piccinaglia atacando as ondas, manobrando e entubando de Stand Up Paddle.

 

Donavon Frankenreiter e seus amigos em uma sessão de SUP Surf


Donavon Frankenreiter, Peter Mendia, Nate Behl e amigos em uma sessão de SUP Surf nada comum. Assista o multitalentoso Donavan atacando de Stand Up Paddle.

 

Espetacular tubo de Sup Surf em Teahupoo – Tahiti


Surfar de Stand Up Paddle é uma das melhores sensações que se pode sentir no mar, a posição privilegiada em pé, trás uma visão antecipada da ondulação, o que ajuda no posicionamento e escolha da onda.


Imagina entubar de Sup em um paraíso como  Teahupoo no Tahiti. Um guia da Phillip Island, Jarrad Batza, conseguiu unir todas essas sensações.

Comentário

Comentário

Share

A Paddles é a primeira paddlewear do mercado. Uma marca criada para remadores e apaixonados pelo mar.Visite paddles.com.br e conheça.