33 km de Stand Up Paddle entre Santos e Bertioga

Quando o poeta no auge da Ditadura Militar disse “um galo sozinho não tece uma manhã, ele precisará sempre de outros galos”, alguns de nós éramos jovens demais para compreender o real significado desta frase, outros sequer haviam nascido.

Entre uns e outros e os anos de vida que nos separam, fomos seduzidos pelas coisas do mar e pelo remo, cada qual ao seu tempo, de formas e maneiras diferenciadas.

Dos primeiros encontros nas remadas, ao convívio nas competições e na rotina de treinos, fomos criando um vínculo tecido por fios imaginários que constroem as relações entre amigos com interesses comuns e nos conduzem adiante, escrevendo histórias de vida e colecionando momentos mágicos.

33 km de Stand Up entre Santos e Bertioga

33 km de Stand Up entre Santos e Bertioga

A nossa história começa com um bate-papo entre o Marcelo Bullo de São Vicente e o Caio Coutinho que foram os primeiros a pensar na idéia de remarmos do canal 6 em Santos ao Forte São João em Bertioga, em um percurso de 33 km, passando pelo Porto de Santos, o maior porto da América Latina, seguindo em direção à Base Aérea do Guarujá, ingressando pelo Rio Itapanhau, cruzando por inúmeras marinas até finalmente chegarmos à Bertioga e vislumbrar o Forte.

 

Compartilhando sonhos

Após a concepção inicial da ideia, restava encontrar quem estivesse disposto a abraçá-la e seguir adiante.

Não bastava ser alguém que estivesse interessado em percorrer o percurso traçado, mas, alguém que tivesse condições físicas ideais e que pudesse compreender que não haveria barco de apoio ou um possível resgate imediato.

Um grupo foi criado no whatsapp e começamos a adicionar remadores com os quais tínhamos maior afinidade e sobre os quais, sabíamos que teriam condições de encarar e vencer os 33 km.

Logo, gráficos da tábua das marés, informações sobre previsão do tempo, maré rasante, maré cheia, velocidade do vento, variação climática e uma série de outras informações passaram a ser uma constante nas publicações do grupo, além da publicação de pequenos trechos motivadores do livro “Expedição Kon-Tiki”, nome do barco utilizado pelo explorador norueguês Thor Heyerdahl em sua expedição pelo Oceano Pacífico, livro de cabeceira do Caio Coutinho e de muitos aventureiros espalhados pelo mundo.

Havia um estado de euforia pulsante enquanto mais e mais remadores eram convidados a abraçar o projeto.

Na manhã do dia 1 de julho, 11 remadores de Stand Up Paddle, Marcelo Bullo, Caio Coutinho, Thiago Kerner, Darcy Correa Neto, Fabiano Yamasaki, Leonardo Isamu, Rodrigo Veneziano, Edson Oliveira de Miranda, Carlos Eduardo Luna, Amauri Nascimento e este que vos escreve, Roberto Melchior, além de 4 remadores de canoa havaiana, Naldo Lima, Robson Cavalcante, Heitor Soares, Tiago Mancini, estavam às 05h30 da manhã enfrentando o frio, a chuva e uma enorme ansiedade para dar início a uma aventura que nascera do diálogo entre dois remadores, ávidos por excluir a “rotina” na ordem do dia e sonhar com a ideia de que juntos somos mais fortes quando olhamos na mesma direção.

Dividimos o percurso em 3 trechos de 11 km, nos quais parávamos para comer, hidratar, dialogar e esperar o agrupamento de todos.

Roberto Melchior, Thiago Kerner e Caio Coutinho

Roberto Melchior, Thiago Kerner e Caio Coutinho

Não foi uma aventura como o relato da expedição Kon-Tiki no livro do mesmo nome, não estabelecemos nenhum recorde, não inserimos nosso feito, ou nossos nomes no Guinnes Book, não ganhamos medalhas, troféus ou menções honrosas, mas, ver a alegria de todos quando finalmente concluímos a aventura, me deu a certeza de que ao escolher o Stand Up Paddle, não abraçamos apenas uma prática esportiva, mas, um estilo de vida, uma forma de dialogar com o mundo e dizer bem alto a quem quiser ouvir:

“EMBORA REMAR COMO SE NÃO HOUVESSE AMANHÔ

Roberto Melchior é escritor, autor dos livros “ Id e eu no caminho de Santiago”, “ Don Juan Pós-Moderno”, “ Coisas de Criança”, “ Pelos Caminhos do Brasil”. Professor da Faculdade de Educação Física na Unimes/FEFIS e na UNIBR.

Comentário

Comentário

Share

A Paddles é a primeira paddlewear do mercado. Uma marca criada para remadores e apaixonados pelo mar.Visite paddles.com.br e conheça.