canoagem

Canoagem – Origem, Modalidades e Onde praticar

Embora sendo praticada a muito tempo, a canoagem somente iniciou como modalidade nos Jogos Olímpicos no ano de 1936 com modalidades velocidade.

E somente em 1972 estreou em Munique com a modalidade slalon, que ficou fora dos jogos nos anos seguintes, só retornando em 1992 nas Olimpíadas de Barcelona.

Atualmente as principais modalidades desse esporte são: de velocidadeslalonoceânica e maratona e o caiaque polo e freestyle.

Uma breve história da canoagem

Onde houver água haverá uma embarcação. A canoagem antecede muito o esporte. Ao longo da história o desenvolvimento das canoas varia bastante entre os muitos povos, e em todas as partes do planeta.

No decorrer dos tempos, as canoas foram construídas a partir de troncos, peles de animais e cascas de árvores, eram usadas para simples transporte, para pesca, comércio, até mesmo para guerra.

A forma original da canoa variou muito conforme o uso, fins e onde era construída.

Canoas de casca de árvore aberta, ou escavada em troncos, que quando destinadas à guerra chegavam a medir aproximadamente 130 pés ou 39 metros.

Já os caiaques, eram construídos de maneira a não permitir a entrada da água gelada do ártico na embarcação.

Eram feitos com a pele de animais esticadas sobre uma armação de madeira, e geralmente só transportavam um indivíduo.

O caiaque provavelmente se origina da Groenlândia, onde era usado pelos esquimós, enquanto a canoa era usada em todo o mundo.

A palavra caiaque (ki ak), que significa “homem barco” no esquimó, foi encontrada predominantemente no hemisfério norte.

Sendo que na América do Norte, na Sibéria e na Groenlândia, essas embarcações eram ideais para o transporte individual, mas eram usados principalmente para caça e pesca.

A canoa, por outro lado, foi utilizada em uma escala muito maior.

Das tribos nativas americanas aos polinésios, a canoa desfrutou de uma variedade de usos, principalmente transporte, comércio e guerra.

Fisicamente, as diferenças entre os dois barcos são que os caiaques são barcos fechados com um cockpit para se sentar.

Caiaque, os atletas remam de uma posição sentada com uma pá de duas lâminas. Canoas são barcos abertos a remo de joelhos, com uma pá de lâmina única.

Algumas razões para se dedicar à essa modalidade

Descubra por que achamos que a prática desse esporte pode conduzir seu bem-estar:

Mesmo que você esteja apenas participando de uma remada suave, estar do lado de fora e perto da natureza reduzirá seus níveis de estresse, ajudará você a dormir melhor e a tornar-se uma pessoa mais feliz em geral.

Você vai se aproximar da natureza. A vida selvagem aquática é geralmente menos tímida ao redor de remadores, então você verá coisas que os caminhantes e ciclistas raramente conseguem ver.

Você conhecerá pessoas novas e amáveis. Remadores são em geral alegres, deve ter algo a ver com passar tanto tempo na água. A maioria dos clubes tem uma sede social próspera e atrai membros de todas as idades.

E há interesses para que você amplie consideravelmente seu círculo de amigos. Você ficará mais forte, pois na canoagem se usa a maioria dos músculos dos braços e ombros. É excelente para tonificar a parte superior do corpo.

Da próxima vez que você estiver olhando pela janela do seu prédio, imagine-se saindo pela porta, e se dirigindo para um rio ou lago mais próximo, entrar em uma canoa e flutuar na água perfeitamente imóvel, onde nada mais importa.

É divertido, e, com certeza, você nunca viu uma pessoa rabugenta remando. Toda a família pode se envolver, pois é um esporte muito acessível e é ótimo para crianças e adultos.

Em vez de levar seus filhos para o cinema e ficar em silêncio, por que você não leva seus filhos para um passeio de barco? Passe algum tempo de qualidade com eles e aproveite esses momentos que a vida dá.

É mais barato do que você imagina, e no início não precisa comprar todo o equipamento de uma só vez, pois muitos clubes de canoas oferecem sessões gratuitas de degustação e alugam equipamentos a preços muito acessíveis.

O esporte pode ser tão extremo ou tranquilo quanto você quiser. Se você quer remar ao longo de um canal calmo e tranquilo ou tomar um curso de corredeiras, com indução de adrenalina, há situações para todos.

Isso ampliará seus horizontes. Uma vez que você domina o básico, uma das melhores coisas sobre canoagem é uma miríade de lugares diferentes que pode levá-lo.

Explore os canais e rios e lagos do país ou parta para remar o em outras águas.

Se o inspiramos a experimentar a prática desse esporte, e você quiser dar o próximo passo, descubra como começar.

Entre em contato, sempre tem alguém próximo a você para facilitar o acesso a um grupo ou clube. Como já dissemos esse esporte abre horizontes.

Introdução da prática do esporte

Ela pode ser recreativa ou competitiva. Você pode praticar para competir ou como um passatempo para viajar e descobrir novos lugares.

Se você não remou antes, um curso introdutório é uma boa ideia.

Geralmente os clubes ou cursos oferece sessões iniciais no Rio de Janeiro, em São Paulo e em outros estados também. Há vários clubes pelo Brasil que incentivam a tal esporte.

Mas, vamos lá, o que você precisa saber sobre o equipamento:

Qual é a diferença entre uma canoa e um caiaque?
CanoaCaiaque
Os remadores usam uma pá plana de lâmina únicaOs remadores usam uma pá curvada de lâmina dupla
A canoa está aberta aos elementosRemadores estendem as pernas e podem ser protegidos dos elementos.
O remador ou se ajoelha uma perna ou em ambas as pernas na canoaO remador senta-se no cockpit e pode usar um deck de pulverização para manter a água fora
As canoas são mais pesadas e possuem uma estrutura mais amplaCaiaques são mais estreitos e leves
Canoas são apontadas em ambas as extremidades e têm maior estabilidadeCaiaques são mais rápidos e mais ágeis
Canoas têm mais contato com a água e se sentam mais profundamente na águaCaiaques ficam mais baixos na água, então há menos resistência ao vento

Há também uma outra modalidade que está se desenvolvendo no Brasil, o caiaque de águas planas, um ramo que é praticado no mar, nos lagos e em rios. Este tipo de caiaque mede cerca de 5 m eles são menos manobráveis e exigem muita destreza do canoísta.


O Brasil, assim como outros países da América do Sul, tem grande potencial hidrográfico, muito favorável à prática deste tipo de esporte.  Apenas é necessário o equipamento adequado (caiaque, remo ou paddle, colete salva-vidas e capacete).

E claro, como em toda atividade esportiva a orientação e supervisão de um bom instrutor responsável e experiente, e de preferência pertencente a uma escola que o credencie.


É importante não se descuidar dos elementos de segurança, pois são fundamentais, principalmente em águas de corredeiras e/ou profundas:

  • Colete salva-vidas (em todas as épocas do ano) é uma obrigação;
  • Capacete para proteção da testa, nuca e orelhas;
  • Saia, se ajusta o neoprene ao cockpit de plástico, protege o peito evita que entre água no caiaque;
  • Remo flutuante (no caso de manobras de reintrodução de caiaque, e lembre-se, o tamanho ideal é o que chega a altura dos seus olhos;
  • Caiaque equipado com cabo de segurança (corda perimetral);
  • Linha de vida ou resgate de 20 m;
  • Elementos de sinalização (flares, apito);

Sobre o Stand Up Paddle  – uma das variáveis da modalidade – e as razões para praticar

Para aqueles que têm aversão aos aparelhos e o ambiente fechado das academias, essa nova modalidade de canoagem, SUP, é apaixonante, o contato com ar livre, com água, pode remar com amigos, parentes ou mesmo sozinho, um esporte completo.

Esse esporte pode ser praticado por todas as pessoas, homens, mulheres, crianças, abrangendo ampla faixa etária dos 4 aos 65 anos ou mais, dispensa preparo físico. Nosso objetivo é disponibilizar que não praticam esporte nem são atletas, nesse esporte fascinante que é o SUP.

A facilidade no início da prática desta modalidade, já se observa no primeiro dia, pois a pessoa curte quando se vê em pé na prancha e começando a remar. Situação que dificilmente imaginava aos 60 anos. A partir de então, é só evoluir no esporte.

Esse esporte leva à descoberta de lugares que jamais imaginou, pois a cada porção de água te leva a criar situações de possibilidades para a prática de SUP. Existem lugares fascinantes próximo a você que talvez nem fazemos ideia que existem.

Ele também, por ser praticado sobre uma prancha, ou seja, uma superfície móvel, requer de quem o pratica um constante movimento de equilíbrio. Independente se iniciante ou experiente, é necessário manter pernas e abdômen contraídos para manter o equilíbrio.

É preciso uma sintonia perfeita entre os pés, pernas, abdômen e braços para ficar em pé na prancha, não é difícil, adapta-se quase que naturalmente. Mesmo porque, tudo que é satisfatório, não bloqueamos o aprendizado.

A canoagem nos Jogos Olimpicos

Hoje, os ban-ban-bans do mundo desse esporte são: Alemanha, Hungria e Grã-Bretanha respectivamente. Mesmo porque esses países além do Canadá e alguns outros, são os grandes incentivadores do esporte.

Nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016, a Alemanha ficou com 4 medalhas de ouro, Hungria e Espanha ficaram com 3 medalhas de ouro, e a Grã-Bretanha conquistou duas medalhas de ouro. O Brasil ficou com 3 medalhas, sendo 2 de prata e 1 de bronze.

O Brasil teve sua iniciação em canoagem nas Olimpíadas de 1992 em Barcelona. Por ocasião do retorno da modalidade do slalon às competições, após ter ficado fora por 6 jogos, isto é, desde 1972 nas Olimpíadas de Munique.

As principais modalidades e características de competição podem ser relacionadas como:

– de velocidade: São disputadas em canais de 2 km de comprimento, e são as mais populares. Nos Jogos Olímpicos as competições são disputadas em raias de 500m e 1.000 m., e com um, dois ou quatro canoístas em cada embarcação.

As embarcações usadas são canoas ou caiaques, que são muito rápidas, mas a instabilidade exige águas tranquilas, ou seja, lagoas, represas ou mesmo rio sem correntezas.

– Slalon: O percurso dessa modalidade é compreendido de 250 m a 400 m, onde os competidores devem superar os obstáculos que são em número de 18 a 25 portas, com o menor número de erros e menor tempo.

Passou a ser considerada uma modalidade olímpica em 1992, e é praticada em águas com corredeiras. Exige muita experiência e agilidade e reflexo dos participantes para conquistarem uma boa classificação.

– Oceânica: Essa modalidade requer embarcações especiais para o mar, tem por objetivo o cumprimento dos percursos predeterminados e assinalados por boias. Apresentando alto grau de dificuldade.

– de Maratona: Com percursos superiores a 15 km, essa é uma modalidade de competição que requer elevado esforço físico e muita resistência dos canoístas para completarem o extenso percurso.

– Caiaque polo: Modalidade de competição que envolve duas equipes onde os participantes (jogadores), utilizado de caiaques para se movimentarem por toa a área demarcada que pode ser em lagos, piscinas ou rios. Vence quem marcar mais gols.

– Freestyle: É a mais recente das modalidades, onde o canoísta precisa efetuar determinados movimentos e manobras nas ondas de um rio caudaloso, num determinado espaço de tempo. Cada manobra conta pontos para o participante.

Satisfação e qualidade de vida

Onde praticar: A boa notícia é que o Brasil é país ideal para a prática desse esporte, muito privilegiado com a diversidade de rios e lagos, sem falar do nosso litoral com mais de sete mil quilômetros de extensão.

Portanto, não perca tempo, mergulhe literalmente nesse esporte tão fascinante que é a canoagem, seja para o lazer ou para competir, a satisfação é garantida e a qualidade de vida agradece.Voltar

Comentário

Comentário

Share

A Paddles é a primeira paddlewear do mercado. Uma marca criada para remadores e apaixonados pelo mar.Visite paddles.com.br e conheça.